sexta-feira, 30 de setembro de 2011

POLICIAL MILITAR A CULPA É SUA!

Capitão PM Renato Cesar

Tenho 29 anos de PMERJ, onde orgulhosamente ingressei como soldado, e a cada dia que se aproxima de meu final de carreira, fico mais decepcionado com os rumos de minha corporação. Desvios de conduta, escândalos, etc., mas a culpa é minha, a culpa é do meu companheiro de turma, a culpa é do meu comandante e/ou meu chefe direto; enfim a culpa é nossa, é de todo o policial militar que acredita no principio da Hierarquia e Disciplina. Permitimos que a política partidária invadisse os nossos quartéis, permitimos que policiólogos oportunistas, se achassem no direito de criticar a nossa vida, permitimos que direitos conquistados a duras penas nos fossem tirados, permitimos ser usados em serviços eleitoreiros do Estado, permitimos que nossa missão constitucional fosse deturpada ou ocupada por outra instituição policial e, em contrapartida, nos sentimos no direito de invadir o espaço institucional de outras corporações. Agora atingimos o ápice do conflito em nossa bicentenária instituição, quando um comandante íntegro e um gestor eficaz e eficiente, entrega seu posto em função de um único erro, administrativo, provocado possivelmente, por um assessoramento equivocado.

Interessante este nosso país, todos os acertos, aplaudidos e elogiados inclusive internacionalmente, desta gestão caem por terra ou se transformam em banalidades em função de um único erro administrativo. Enquanto isso, em Brasília, deputados ladrões, corruptos e corruptores, são absolvidos e continuam tranquilamente em seus cargos. Interessante este país, quando a corregedoria da Justiça declara que existem alguns juízes bandidos (o que todos sabemos, está mídia) e os ministros do STJ como "normalistas virginais", se sentem ofendidos e criam novas normas para diminuir o poder da fiscalização da sua corregedoria. Então todos podem ter mazelas, mas a PM não! É claro que nossos erros são mais contundentes e vir a provocar a morte de inocentes o que é, sem sombra de duvidas, um resultado inaceitável. Mas analisando de maneira fria, profissional, a ações erradas da PM pergunto: não é fruto de uma política de segurança pública errada? Será que as ações erradas da PM não são fruto de uma política social errada? Será que as ações erradas da PM não são fruto de erros de aplicação da Lei?Querem crucificar uma Instituição com mais de duzentos anos de vida, mas os hipócritas não querem admitir que: qualquer Polícia espelha a sociedade que a mantém. Não adianta tentar implantar idéias e "soluções" da Colômbia, Inglaterra, Bélgica, Estados Unidos, caramba! São realidades geográficas, políticas, jurídicas, econômicas, religiosas, sociais, completamente diferentes. Inclusive, em nosso país continental, temos diferenças culturais que mesmo minimizadas com o passar dos anos, através da televisão e agora com internet, estas diferenças culturais ainda permanecem intensas. Minha opinião não é etnocentrista, não defendo o determinismo biológico ou geográfico, mas cada cultura aborda um mesmo problema social de um jeito e desta abordagem surgem soluções diferentes.

Só me resta desejar sorte para PMERJ, que este "horizonte de eventos" que margeia o buraco negro em que nos encontramos não tenha força ou poder de jogar a instituição que abrigou meu avô, meu pai e a mim, na "singularidade" que é um caminho sem volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado! Sua participação é bem-vinda, contudo para evitar qualquer mal entendido vamos analisar sua opinião de forma democrática.

Loading...

Newsgula Headline Animator